jan
17
2012

Como Árvores

Vivemos em um mundo mau. É agonizante assistir jornais, ou mesmo, simplesmente, olhar ao nosso redor, é desesperador. É também desesperador, agonizante, olhar para esse mundo mau e olhar para dentro de nós, e descobrir que também somos maus. Uma parcela cruel daquilo que vemos no mundo se encontra dentro de nós.

Os horrores do pecado, a culpa. Fomos salvos, sim, não duvidamos, mas há mal em nós. Pensamos como Paulo, então: “Pois o que faço não é o bem que desejo, mas o mal que não quero fazer, esse eu continuo fazendo.” (Romanos 7.19). Isso nos assusta. Não queremos esse mal, queremos o bem; ansiamos por fazer coisas boas, agradáveis, por ver mudanças nesse mundo perverso.

Todos nós falhamos. Há pessoas que mergulham em suas culpas, fogem do arrependimento, e chegam ao desespero. Mas há aqueles, que por mais que falhem, têm o sincero desejo de não falhar mais, não pecar mais. Eles não querem continuar no erro, e secar, eles anseiam pelas verdades da Palavra. Não se rendem ao pecado, não têm medo de arrepender-se. Eles são como árvores, sementes que foram plantadas e cresceram, cujas raízes ansiando pelas águas, lutaram, se esforçaram dentro daquele solo, venceram a rigidez da areia e cresceram em direção às águas subterrâneas e, delas, obtiveram sustento. Por causa disso, puderam suportar os ventos das adversidades e permanecer firmes. Por causa disso, estão sempre nutridas e podem dar muitos frutos.

Sejamos como estas árvores que buscam as águas, cujas raízes são profundas e dão firmeza para suportar todas as coisas, cujos galhos e folhas são bem nutridos e que geram frutos.

“Mas bendito é o homem cuja confiança está no Senhor, cuja confiança nele está. Ele será como uma árvore plantada junto às águas e que estende as suas raízes para o ribeiro. Ela não temerá quando chegar o calor, porque as suas folhas estão sempre verdes; não ficará ansiosa no ano da seca nem deixará de dar fruto”. (Jeremias 17:7-8)

Tarciso Rodrigues.

Sobre o Autor: Tarciso Rodrigues

Estudante de Engenharia Mecânica. Membro da Primeira Igreja Batista de Mangabeira. Membro do Movimento Atitude. tarcisotrm@gmail.com @tarcisotrm

Mais notícias

6 Comentários + Comentar

  • Muito bom *-*

  • Este é o meu poetinha engenheiro, ou engenheiro poetinha. Múltiplo e abençoado em sua mente maravilhosamente pródiga, cuja capacidade de compor e escrever, transita com a mesma desenvoltura por páginas e páginas de soluções de cálculos complexo.
    Deus te cubra de bençãos sempre!

  • Verdade ! O mérito de estarmos firmes e fortes é das águas que nos dão a sustância, embora nem por isso não precisemos nos esforçar a fim de “vencer a rigidez da areia”…

    Amém, que vivemos conforme a Palavra que nos sustenta!

  • Gostei muito da mensagem!!! Me veio à memória o Salmo 1:3 que diz: “Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto na estação própria, e cujas folhas não caem, e tudo quanto fizer prosperará.” Que possamos nos firmar mais e mais na Palavra de Deus… embora falhando na busca de acertar!!! Que Deus vos abençoe, abraço.

  • Parabens Tarciso!! Otimo primeiro Post!!!

  • É isso aí arquiteto das palavras. Muito Bom!

Comente

Casa Atitude

Seja mais um Parceiro Atitude escolhendo um dos planos abaixo. Durante 1 ano você estará contribuindo com o valor mensal escolhido que será destinado para o Aluguel da Casa Atitude no Bairro São José - João Pessoa/PB.

Para ajudar com R$10,00/mês durante 1 ano clique no botão abaixo:



Para ajudar com R$20,00/mês durante 1 ano clique no botão abaixo:



Para ajudar com R$50,00/mês durante 1 ano clique no botão abaixo:



Para ajudar com R$100,00/mês durante 1 ano clique no botão abaixo: