Pré-Universitário

O ingresso em faculdades federais é um objetivo que a grande maioria dos jovens brasileiros deseja alcançar. Infelizmente a realidade para grande parte deles está bem distante desse alvo. Muitos vivem em comunidades carentes, precisam trabalhar para sustentar a família e acaba não sobrando tempo para se dedicar aos estudos, além da precariedade do ensino público básico no Brasil. Outros até terminam o ensino médio, mas não passam no vestibular e não têm condições de pagar cursinhos pré-vestibulares para revisar as matérias que, diga-se de passagem, exigem cada vez mais dos estudantes.

Segundo Nadir Zago “os pré-vestibulares populares (PVP) fazem parte de uma mobilização coletiva que vem sendo desenvolvida nos últimos anos pela democratização do ensino no país. Não se trata, portanto, de iniciativas isoladas, senão que reflete a preocupação nacional com a problemática do acesso à universidade pública e com o aumento da demanda da população pelo ensino superior impulsionada pela expansão do ensino básico, pela urbanização e pelas transformações do mercado de trabalho.”
No Rio de Janeiro, por exemplo, já existem mais de 90 cursinhos desse tipo, com cerca de 200 alunos por turma, onde a equipe docente trabalha voluntariamente e é composta geralmente por estudantes de graduação, pós-graduação e professores universitários. Em alguns cursinhos são distribuídos materiais, como cadernos, lápis e apostilas obtidos com doações dos próprios voluntários.
Observando as carências de algumas comunidade e dando atenção à pedidos realizados pelos próprios moradores dos bairros, os líderes e outros envolvidos no projeto viram a necessidade de criação de um cursinho pré-vestibular popular (PVP), projeto que começou sendo desenvolvido no  Bairro São José e que tem como principal objetivo incentivar jovens e adultos que já concluíram o Ensino Médio e desejam prestar vestibular em faculdades federais, estaduais e particulares, mas não têm condições de pagar um curso preparatório. Esse ramo do projeto Atitude será sempre realizado em parceria com as demais áreas do projeto.

Estratégias Metodológicas

Para atingir os objetivos acima propostos serão recrutados voluntários das diferentes áreas (Linguagem, Código e suas Tecnologias; Ciências Humanas e suas Tecnologias e Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias), incluindo profissionais e estudantes de graduação e pós-graduação. Serão ministradas aulas no período noturno e/ou Sábado a Tarde com duração de 45 minutos cada.O conteúdo será distribuído de acordo com o dia da semana e acordo com os Editais das instituições de Ensino.

2) Etapas:

1.Divulgação na Comunidade:

2.Distribuir material de divulgação junto com ficha de inscrição.
3.Recolher as fichas preenchidas pelos candidatos.
4.Divulgação final dos alunos selecionados.

5.Seleção dos Alunos:

- 30 alunos;
- Ensino Médio Completo;
- Apresentar Xérox Identidade e Histórico Escolar.
- Reunião com os Professores Voluntário.

6. Inicio das Aulas

Mais informações: atitude@pibja.org

Casa Atitude

Seja mais um Parceiro Atitude escolhendo um dos planos abaixo. Durante 1 ano você estará contribuindo com o valor mensal escolhido que será destinado para o Aluguel da Casa Atitude no Bairro São José - João Pessoa/PB.

Para ajudar com R$10,00/mês durante 1 ano clique no botão abaixo:



Para ajudar com R$20,00/mês durante 1 ano clique no botão abaixo:



Para ajudar com R$50,00/mês durante 1 ano clique no botão abaixo:



Para ajudar com R$100,00/mês durante 1 ano clique no botão abaixo: